02 agosto, 2015

Tubarão - Peter Benchley

Livro - Tubarão (Jaws)
Autor Peter Benchley (tradução - Carla Madeira)
Editora DarkSide Books - pgs 276

Comecei pelo caminho inverso, vi o filme e só depois li o livro. Na realidade, só fiquei sabendo que o filme havia sido baseado em livro, quando a DarkSide o lançou no 1º semestre de 2015. Até então, só havia visto o filme 1 vez, lá pelos idos da década de 80, e só me lembrava que havia um tubarão.

Mas vamos ao que interessa. A história do livro se passa em Amity, uma cidade litorânea que vive o ano todo com a renda arrecadada durante os meses de verão. Porém, esse verão vai ser diferente. Existe um enorme tubarão branco rondando a região e atacando banhistas e pescadores. O chefe de polícia local, Martin Brody, decide interditar as praias pra manter as pessoas em segurança, mas sofre ameaças dos moradores e autoridades locais, pois todos dependem dos turistas, e a possibilidade de um tubarão nas redondezas afastaria as pessoas e consequentemente o meio de vida delas.

Pra começo de conversa, o livro tem um dos melhores inícios ever na minha opinião. No primeiro parágrafo, o narrador nos descreve o tubarão de tal maneira, que mesmo quem nunca tenha visto um, consegue imaginá-lo com detalhes. Na sequência tem a narrativa do que acontece com a primeira vítima, é de tirar o fôlego. E como todo bom livro, esse te pega no início. ...

Mas, vamos com calma. O livro é dividido em 3 partes, as 2 primeiras falam das pessoas que moram no local e de como o aparecimento desse peixe muda suas rotinas. Somente na última, é que vamos de fato vivenciar a aventura. Diferente do que ocorre com o filme, onde o foco é o tubarão e a caçada a ele, no livro nos deparamos com relações interpessoais, relacionamentos amorosos e como o próprio autor chama: máfia. No início do livro tem um introdução do próprio Peter, onde ele fala que essa diferença entre uma obra e outra foi um pedido dos produtores. Segundo ele, quando estava escrevendo o roteiro pro filme, pediram pra retirar todo o romance e máfia pra não dispersar a atenção das pessoas.

Não acho que no livro o fato de primeiro vivenciaremos toda a rotina local, pra só depois irmos de fato à caça, tira o foco do tubarão. Pelo contrário, esse mergulho na vida das pessoas é necessário pra entender os motivos que levam Brody a protelar a interdição das praias. E isso em nenhum momento é cansativo, pois entre uma história e outra, o nosso simpático tubarão está no aguardo da próxima vítima, e o narrador conduz muito bem tudo isso. A descrição das personagens é riquíssima, tanto fisicamente quanto em relação a personalidade delas. E  o mais importante, o escritor consegue fazer essas descrições sem tornar a narrativa cansativa. Ela tem um ritmo muito bom, o que torna a leitura extremamente fluida. 

Em relação a edição, existem pouquíssimos erros de revisão e não influenciam no entendimento do texto. A edição que tenho é a de capa dura, mas também existe a em capa brochura. As duas são fantásticas. Diagramação excelente, papel de qualidade superior, ilustrações internas, e capas primorosas. 
Em resumo: gostei demais do livro, me trouxe uma visão completamente diferente a respeito da história, o que a tornou mais rica ainda. 

Valor do livro - o preço do livro na versão capa dura varia de R$ 29,66 a R$ 59,90, já na versão com capa brochura os preços vão de R$ 22,02 a R$ 39,90 (em pesquisa realizada no dia 02.08.2015).

Nenhum comentário:

Postar um comentário