28 maio, 2015

Parceria com a autora Talita Vasconcelos

Talita Vasconcelos

Talita Vasconcelos nasceu em 1.990 nas cidade de São Paulo. Aprendeu a ler aos 2 anos e começou a escrever consciente do que estava fazendo logo depois. Aos 5 anos se divertia desenhando histórias em quadrinhos. Aos 10 anos escreveu, ilustrou, encadernou e criou a capa do seu primeiro livro:"Férias na Fazenda", que teve sequência em "De Volta à Fazenda". Eram história simples, edições caseiras, mas foi o começo de tudo. Aos 15 anos escreveu um romance policial, seu primeiro "livro de verdade". Mas só em 2.013 publicou de fato uma obra, o livro "Alma de Rosas" e a antologia "A Morte Não é o Fim".

Alma de Rosas
"Elizabeth é escritora. Está acostumada a seduzir o coração das pessoas com palavras bonitas, mas quando o seu próprio coração foi seduzido, ela percebeu o poder destruidor das palavras. 
Quando começou a escrever cartas de amor ao Alessandro em nome de sua irmã Simone, Elizabeth não imaginava que estava tecendo seu próprio tormento. Nem a companhia de Cristiano, o homem ideal, era capaz de resgatá-la do abismo. 
Para ter a própria felicidade ela precisa trair sordidamente a quem mais ama. É uma escolha difícil... Destruir os sonhos de amor que Simone construiu desde menina; ou continuar se entregando ao romance do amado e da rival como uma rosa, acariciando com as pétalas o coração dos dois, e despedaçando a própria alma com os espinhos."

  
Outras obras da autora

25 maio, 2015

Parceria com a autora Débora Falcão

Débora Falcão

Débora Falcão é licenciada em Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco. Mantém um perfil no site de publicação de poemas, o Recanto das Letras, e em outros onde possui vários seguidores e fãs. Trabalha com dança e artes cênicas em uma escola conceituada em Recife-PE e escreve em suas horas vagas.


"O mundo está diferente, caminhando a passos largos para uma guerra sem precedentes. Países que antes eram inexpressivos para a economia mundial começam a se destacar; os que antes pareciam neutros agora tomam partidos. Cada um luta para garantir sua fatia de mercado.
Enquanto isso, um homem se destaca e cresce politicamente. Jovem, bonito, de família tradicional francesa, carismático, com incrível poder de persuasão. M. Junius de Margeau parece ser a única salvação para os problemas gerados pela ganância e egoísmo da humanidade. Mas, por baixo de tanta beleza e bondade, algo muito estranho se esconde e uma garota de dezessete anos descobre isso da pior forma possível.
Keren-Hapuque é a protagonista de Guerra Negra, uma ficção destinada ao público jovem e adulto, recheada de ação, aventura, romance e suspense."

Estou muito feliz pela parceria e ansiosa pela leitura do seu livro. Muito obrigada pela confiança.


22 maio, 2015

Divulgação do livro "Desejo e Honra" de Tatiane Durães

Eu não sou fã de romances modernos, mas os de época eu amo enlouquecidamente. O ambiente, as roupas, a maneira de falar, tudo me atrai. E no segundo semestre desse ano chega o livro "Desejo e Honra" da autora Tatiane Durães pela Editora Deuses, que promete trazer tudo isso regado com uma dose de mistério.

"1890. O Brasil passava por sérias mudanças. Os escravos foram alforriados, porém, apenas no papel. Os italianos começaram a chegar em busca de uma vida melhor. A corrida pelo ouro terminara há muito tempo e o café com leite era o que sustentava a economia do país. 
Em Minas Gerais, uma única família ainda mantinha a atividade do minério, a família Leon, eles continuavam sendo abençoados, encontrando ouro em suas terras.
O Conde de Leon, filho do monarca Duque de Leon, que, devido a idade, não conduzia mais os negócios. Conde que, apesar de bondoso, carregava no peito a enorme dor da perda. Sua esposa Cassandra falecera ainda muito jovem, e desde então ele nunca mais ficara atraído por nenhuma mulher, até aquele dia, 31 de outubro, quando uma jovem de cabelos negros e pele extremamente branca chegou em sua casa para ajudar na cozinha. Uma jovem bonita, delicada e inteligente. 
Assim, o Conde de Leon, finalmente percebeu que poderia se libertar do fantasma de sua falecida e amada Cassandra. Entretanto, a jovem carregava consigo um segredo: Linda, porém fatal."

Algo me diz que vem coisa muito boa por aí. Então é só aguardar.

21 maio, 2015

Quando o carteiro entrega amor

O Correio chama, você atende e recebe uma caixa misteriosa. Quando abre, se depara com um kit tão lindo e perfumado que dá vontade de abraçar o carteiro de tanta alegria.

Bom, no kit veio um sabonete, que além de lindo é super cheiroso, uma carta com informações sobre o kit, a autora Kelly Hamiso e o livro Padma, além do próprio livro. 



Confesso que não conhecia a autora, nem tampouco o livro. Mas bastou ler a sinopse pra ficar extremamente curiosa sobre a história.

Então, bora conhecer um pouquinho de cada.

O livro

"Jéssica é uma garota de dezessete anos, estudiosa, bonita e rica, que havia ganhado uma segunda chance. Numa visita à casa de sua avó, em São Paulo, conhece um grupo de amigos e Beto, rapaz rebelde que, entre cigarros, bebedeiras e rock’n'roll, está longe de ser o homem ideal, mas sua indiferença o torna irresistivelmente fascinante. 
Tinha tudo para ser mais uma história de amor, exceto por um detalhe: os dois não sabiam que essa união os transformaria em peças de um jogo entre membros de uma organização e um homem ambicioso; todos manipulados por Arimã, o anjo corrompido. 
Para que consigam ficar juntos, Jéssica e Beto precisarão revelar segredos, aprender a perdoar, interpretar sonhos e acreditar que não estão sozinhos. Entre vícios, brigas, uma flor que inspira e seres sobrenaturais, está Padma, em busca da luz."


A autora

Foto retirada da página da autora

A escritora Kelly Hamiso é empresária no ramo da indústria da construção civil, nasceu na capital de São Paulo, em 7 de setembro de 1978.
Desde os treze anos, (apesar de achar que foi muito antes disso), adorava escrever, criar histórias e personagens; sempre compartilhando suas aventuras e amigos imaginários com sua melhor amiga Sheila.
Passou sua adolescência, lendo, criando e tomando café.
Adora rock, flores, shopping e conversar. Tem um fascínio inexplicável pela Flor de Lótus e o Antigo Egito. Cursou letras no UNIFIEO, casou-se aos vinte e três anos e tem dois filhos, com quem compartilha suas histórias.
É autora de alguns contos, dois deles, “Chocolate e Água Mineral” e “O Silêncio de Lourdes” que podem  ser conferidos no site da autora, além de outras paixões.

Adorei tudo e logo, logo terá opinião sobre o que eu achei da história.

11 maio, 2015

Quando a vida dá outra chance

Livro - Para Sempre Ela
Autora - Flávia Duduch
Editora - Amazon

A história se passa em Londres, e é lá que conhecemos Hannah . Ela sofreu bullying durante toda a adolescência. E pra piorar tudo, Frank um dos garotos do grupo que a perseguia, decide aceitar uma aposta na qual deve beijá-la. Ao se aproximar dela pra cumprir o desafio ele acaba se apaixonando, porém antes que consiga revelar o motivo de sua aproximação, um de seus amigos conta pra ela sobre a brincadeira, e isso parte seu coração.

Anos mais tarde, Hannah sofre um acidente e coincidentemente acaba na mesa de cirurgia de Frank, que tornou-se um médico. Nesse momento Frank percebe o erro que cometeu no passado, e decide se reaproximar dela. 

A partir daí, apesar de apaixonados, os dois tem muitas dúvidas sobre como manter a relação. Como todo bom romance, com um grande amor vem grandes obstáculos.

Bom, pra início de conversa apesar de não ser fã do gênero, gostei da história desse. Porém, encontrei inúmeros problemas. Então vamos a eles.

1 - Normalmente os livros mesmo em PDF ou outros formatos de e-book, tem alinhamento justificado. Nesse, o alinhamento é à esquerda, e em vários momentos não existem parágrafos;

2 - Existem muitos erros de grafia, pontuação, acentuação, de concordância, expressões repetidas na mesma frase e outros tantos. É comum os erros nos livros, mesmo após a revisão sempre fica algo, mas aqui os erros são gritantes. Em 256 páginas, todas tem algum tipo de erro;

3 - O livro é um romance, e segue essa linha durante toda a narrativa. Então, não existem grandes surpresas. Mas a autora, na primeira página, nos seus agradecimentos dá um spoiller de algo que acontece bem no final do  livro. Por mais que eu imagine como irá acabar, quero caminhar junto com as personagens, descobrir com elas o que vai acontecer.

Mas tudo tem o seu lado bom. Mesmo com todos esses problemas de revisão a narrativa é gostosa e fluida. A trama é narrada em primeira pessoa alternando os capítulos entre a Hannah e o Frank. Isso é bem bacana, pois é possível ter uma visão mais ampla da história. As personagens, mesmo as secundárias são carismáticas. 

Em resumo, o livro tem muitos problemas que precisam ser revisados, mas tem uma história agradável e cativante, e a autora tem uma escrita agradável.

Para conhecer mais sobre a escritora e outras obras de sua autoria acesse o link.