22 fevereiro, 2014

De médico e Anardeus todo mundo tem um pouco

Livro - Anardeus - No Calor da Destruição
Autor - Walter Tierno
Editora - Giz Editorial - pgs 181 - 1ª edição

Esse é aquele tipo de livro que é quase impossível falar a respeito. Primeiro porque ele não se enquadra em rótulos, segundo porque é extremamente perturbador, mas excelente.

O livro é narrado em primeira pessoa, com alguns pontos muito interessantes. Um deles são os diálogos. Na maioria deles, antes dos travessões vem o nome de quem tem a palavra, e o mais interessante ainda é que muitas vezes também nos é mostrado o sentimento ou ação que a personagem tem naquele momento.

"Nossa mãe, tremendo: - ...
Nosso pai, aplicando uma mentira que não cola nem em quem reza: - ... (pg 21)"

Outro ponto é o uso das palavras. Durante o livro inteiro são usados palavrões, mas com tamanha naturalidade e de forma magistral que chega a ser poético.

Mas vamos lá. O livro conta a história de Anardeus e sua irmã gêmea Isabel. Eles são completamente opostos, mas se complementam. Independente da temperatura ambiente, ela sente um calor febril e ele um frio gélido. Ela gosta de tudo e todos, e ele, bem ele quer que tudo vá literalmente à merda.

Isso já se vê no momento do nascimento. Isabel nasce linda, arrancando suspiros de todos que a veem, enquanto Anardeus é praticamente expelido e por pouco não cai no chão. Logo depois é alvo de um aposta entre as enfermeiras na qual a perdedora terá o prazer de dar o primeiro banho nele.

"A perdedora fica tão desgostosa com a tarefa e é tão displicente que quase me afoga. Faço questão de oferecer minha primeira cagada na banheira, em suas mãos. Ela não consegue evitar o palavrão. A chefe, freira cu de ferro, está perto e ouve. Dá-lhe um esporro, e a enfermeira embosteada chora de desgosto, nojo, vergonha e raiva. (pg 16)"

É dessa forma que Anardeus nos é apresentado, sem meias palavras. E assim a vida segue. Ele cresce sempre sendo deixado de lado, enquanto Isabel recebe toda a atenção.

Qualquer coisa dita além disso pode tirar o prazer da descoberta dessa aventura quase apocalíptica.

A narrativa vai direto ao ponto, sem subterfúgios.

A diagramação é excelente e tem páginas amarelas. Além disso, o livro tem diversas ilustrações, na capa e no miolo, e todas foram feitas pelo autor.



Se você procura uma história com um realismo pungente, mas que ao mesmo tempo consegue caminhar no mundo fantástico, onde os personagens são tão reais que você chega a achar que já viu esses caras por aí, esse é o LIVRO. Mas se você acha que não é bem isso que você está procurando, abra sua mente e leia Anardeus, pois tudo pode acontecer, menos indiferença.

Valor - O preço do livro varia de R$ 20,72 até R$ 28,00. Mas, eu recomendo comprar direto com o escritor por R$ 25,20 incluso o preço do frete. Comprando direto com ele (lojinha do Walter) o livro vem com uma dedicatória incrível desenhada por ele e um marca página. 


15 fevereiro, 2014

E foram felizes para sempre... ou quase

Grafic Novel - Fábulas - As 1001 Noites de Neve
Autor - Bill Willingham
Editora - Vertigo - Panini Comics - 142 pgs

Você com certeza conhece a história da Branca de Neve e de várias outras personagens de contos de fadas, pelo menos até o "felizes para sempre". Mas, e o que vem depois, ou antes? Ah, aí é que a história se torna muito, mas muito interessante mesmo.

Esqueça tudo o que você pensa saber sobre os contos de fadas.

Nessa GN a Branca de Neve é a Embaixatriz da Cidade das Fábulas, onde habitam todos os seres fantásticos que foram expulsos das suas terras mágicas pelo Adversário. Esse vilão também está ameaçando o mundo árabe.  Então, Branca vai até essas terras distantes para tentar uma aliança entre o reino dela e o do Sultão.

Depois de muita insistência, ela consegue encontrar o Sultão. Mas ele não quer nenhuma aliança, principalmente com mulheres. O que ele quer é casar com ela e no dia seguinte matá-la, algo recorrente na vida dele.

Aqui, nos é apresentada uma Branca de Neve cheia de astúcia, e que consegue prorrogar o seu assassinato por inúmeros dias. Como?  Contando histórias todas as noites para ele. Ah, mas essa não é a história da Sherazade? Sim, mas lembre-se que eu pedi pra você esquecer tudo o achava saber sobre os contos de fadas.

O roteiro é primoroso e os desenhos são maravilhosos. Cada conto é ilustrado por pessoas diferentes, trazendo com isso um visual muito rico.

Fábulas - As 1001 Noites de Neve se passa nos primeiros dias da Cidade das Fábulas, e é uma história fechada. Mas existe a continuidade com uma série de mais de 100 hqs. No Brasil foram lançadas as primeiras 100 que foram compiladas em 15 edições. Mas isso é uma outra história.



Valor: essa GN pode ser encontrada por R$ 21,90 em várias livrarias e pela internet no site da Comix.


Algumas coisas são imperdoáveis

Livro - Perdoe-me Tanto Laquê
Autora - Juliana Gervason
Editora - Bartlebee - 1ª edição - 75 pgs

Devo confessar não ser muito fã de poesia. Na verdade, não sou leitora habitual desse gênero apesar de já ter lido muitos livros e ter alguns. Então, o que cargas d´água me fez ir atrás desse livro?

Bom, devo confessar que a princípio foi curiosidade de fã. O livro é escrito pela Juliana Gervason, dona do vlog O Batom de Clarice, tem prefácio escrito pela Patrícia Pirota do Ainda MininaMá e orelha da Tatiana Feltrin do Tiny Little Things (uau, que trio). Eu sigo há algum tempo os canais dessas moças, e gosto muito dos três, cada um pela sua peculiaridade.

Isso me fisgou, e fui atrás do meu exemplar. Não li, devorei em minutos, e na sequência reli tudo e não contente, reli as poesias que mais gostei (foram quase todas).

São poesias sobre o dia a dia, momentos simples da vida, mas vistos sob uma ótica de alguém que vê, mesmo nas coisas simples, encanto. E isso encanta, cada palavra nos faz refletir sobre esses momentos, e perceber que essas "coisinhas" são o bom da vida.

A capa é uma graça, tem orelhas e o papel do miolo é amarelo. O meu ainda tem uma dedicatória fofíssima.

Aí, essa moça me pede que lhe perdoe tanto laquê, me desculpe, mas não perdoo não.
Não perdoo por ter me acalentado e ter ido embora.
Não perdoo porque foram apenas poucos minutos entre leitura, releitura, e pensamentos fugidios.
Não perdoo por fazer minha mente ir longe e depois ter que voltar.
Não perdoo, e mais uma vez não perdoo.
Aliás, perdoo caso você tenha piedade de mim, e não me deixe órfã.

Valor - O livro custa R$ 20,00 em livrarias como Saraiva e Cultura, e também pode ser encontrado na Editora Bartlebee pelo mesmo valor, mas com a vantagem de poder vir com a dedicatória da escritora.

08 fevereiro, 2014

Love is in the air ♥

Livro - Amor Vampiro
Autor - Vários
Editora - Giz Editorial - 176 pgs - 1ª reimpressão

Livro - Amor Lobo

Autor - Vários
Editora - Giz Editorial - 183 pgs - 1ª edição

Esses livros reúnem contos de diversos autores nacionais do meio fantástico. A diagramação do livros é praticamente a mesma. Nos dois exemplares as páginas são amarelas, capas com orelhas, e nas contracapas encontramos as fotos e os nomes de todos os autores neles reunidos. Antes do início de cada conto tem uma foto do autor com uma pequena biografia e no verso uma imagem sombria em Amor Vampiro e um lobo uivando com um frase relacionada ao conto em Amor Lobo.


Através desses livros descobri vários autores que eu não conhecia. Nem todos os contos me agradaram, mas no geral os livros são excelentes, muito bem escritos e com narrativas envolventes.


Sobre cada um deles:


Amor Vampiro reúne contos vampirescos de 7 autores nacionais, organizados pela Giulia Moon. Alguns autores tem apenas um conto, outros tem mais.

           
Não espere encontrar nesse livro vampiros adolescentes apaixonados por menina frágeis. Aqui nós temos vampiros sanguinários sedentos por sangue.
           
Mas, pera lá, o título não é "Amor Vampiro"? Então, cadê o amor? E quem disse que vampiros não amam? Amam sim, são amados, admirados e até invejados. E este livro nos traz isso, seres da noite envolvidos em tramas amorosas, que vão desde o amor maternal até um amor mais sensual e carnal.
           
A maioria dos contos são de uma sensualidade extremamente envolvente, mas também existem contos de uma ternura quase inocente.
           
Livro mais do que recomendado para amantes desse gênero, porém indicado também para quem gosta de um romance com toque de sensualidade, ou melhor muita sensualidade com um toque de romance.
           
Mas, muito cuidado para não se apaixonar também.

Amor Lobo segue o mesmo caminho de Amor Vampiro, onde reúne contos de 9 autores nacionais sobre lobisomens. Apesar deste ser estar no nosso imaginário há séculos, a literatura a respeito não é tão vasta quanto sobre vampiros.


E nesse livro os autores souberam explorar muito bem esse universo. Em cada página é possível sentir a ferocidade desses seres.


O amor lupino é totalmente visceral, seja entre os da mesma espécie ou entre outras. Apesar da intensidade e voracidade das personagens, também existem momentos ternos, quase tocantes.

           
Se você sente-se atraído pelas noites enluaradas, sinta-se convidado a ler esses contos. Talvez você descubra um amor nessas páginas. Depois de ler esse livro essas noites nunca mais serão as mesmas.

Autores de Amor Vampiro: André Vianco, J. Modesto, Regina Drummond, Adriano Siqueira, Martha Argel, Nelson Magrini e Giulia Moon


Autores de Amor Lobo: André Bozzetto Jr., Eric Novello, Georgette Sillen, Helena Gomes, Giulia Moon, Mario Carneiro Jr, Nilza Amaral, Rosana Rios e Walter Tierno




Valor - O preço dos livros varia de R$ 21,46 até R$ 29,90 cada um, e também podem ser comprados direto no site da Giz Editorial.

02 fevereiro, 2014

E você, que segredo guarda a sete chaves?

Livro - Marina
Autor - Carlos Ruiz Zafón
Editora - Suma de Letras - 192 pgs

O livro começa com as lembranças  de um homem acerca de acontecimentos passados em maio de 1.980, quando ele desaparece por uma semana. Só depois de sete dias, um policial encontra-o vagando em uma estação de trem.

Esse homem é Óscar Drai, que na época era adolescente e estudava num internato em Barcelona, e nas horas vagas, saía para passear e admirar a beleza arquitetônica do local.

Em um desses passeios, ele entra em um casarão que, à primeira vista,  parece abandonado. Lá, ele se encanta com o som de uma belíssima voz e um relógio de bolso muito antigo, porém quebrado. Nesse momento ele se assusta com um vulto e foge levando o relógio consigo.

Logo, ele arrepende-se do "furto" e dias depois decide voltar ao casarão para devolver o relógio. Dessa vez encontra os moradores: um gato chamado Kafka, Gérman (o vulto) e Marina, uma garota linda de olhos cinzentos. Gérman é o pai de Marina e aparentemente está muito doente.

Eles tornam-se amigos. Óscar sempre vai visitá-los e na maioria das vezes passeia com Marina pelo bairro de Sarriá. Em um desses passeios, Marina leva-o ao cemitério do bairro, onde encontram uma mulher que vai a uma determinada sepultura sempre no mesmo dia e horário. Eles ficam intrigados com a aparência da mulher e com um símbolo misterioso que existe na sepultura, então decidem segui-la.

A partir daí, começa uma aventura que inclui investigação, suspense e um toque de terror. Mas tudo isso tem como pano de fundo a amizade das personagens. Mesmo nos momentos mais tensos é possível "sentir" a ternura que os envolve.

O livro é narrado em terceira pessoa, sob a ótica de Óscar. A narrativa é bem fluida e bastante envolvente. A diagramação é muito boa, as páginas são papel pólen e essa edição tem orelhas. Na capa tem um detalhe curioso, onde a menina da foto parece estar segurando a mão de alguém que não está lá.

            
Foi minha primeira experiência com Carlos Ruiz Zafón e posso dizer que me "ganhou de cara". Fiquei completamente envolvida pela trama. Tudo é muito bem costurado, todas as personagens são cativantes. Porém, o final é previsível, mas mesmo assim não perdeu o encanto e me emocionou.

Recomendo muito a leitura de Marina para qualquer público de qualquer idade.

Compre - Amazon | Saraiva