30 maio, 2016

Revelação Mesmeriana de Edgar Allan Poe

O conto foi publicado pela primeira vez em Agosto de 1.844 no Columbian Lady´s and Gentleman´s Magazine


"Aquilo que os homens tentam personificar na palavra ´pensamento´ é esta matéria em movimento."

A narrativa se incia com uma nota do tradutor que nos explica o que quer dizer "mesmerismo". Na obra original, da Barnes and Noble, não contamos com nenhum apêndice a esse respeito. Para saber mais sobre, acesse o site InfoEscola.


Seria algo muito próximo do que conhecemos como hipnose nos dias atuais, senão a mesma coisa. 

No início temos um protagonista que nos descreve o que é essa técnica, como ela se desenvolve e o que é esperado que aconteça com a pessoa magnetizada. Depois de um breve relato, ele diz que "é perda de tempo a tentativa de provar a eficácia da técnica", e nos conta sobre o Sr. Vankirk, alguém em que já aplica o método há algum tempo.

Esse homem, já acostumado aos meios utilizados veio a desenvolver uma percepção maior ao magnetismo. Há algum tempo vem sofrendo de tísica (tuberculose), porém o tratamento tem resultado em uma melhora dos efeitos mais angustiantes da doença. Certa noite, o Sr. Vankirk chama nosso narrador à sua cabeceira. E esse decide mais uma vez aplicar o conhecido método. 

A partir daí, a narração torna-se um diálogo, onde o nosso magnetizador questiona o doente acerca da vida, morte e Deus.

Mais uma vez, foi uma releitura. Não lembro ao certo quando, mas sei que o li ainda na adolescência. E como sempre digo, "nunca lemos o mesmo livro duas vezes". Dessa vez, com uma carga literária diferente, e me corrijam se for loucura de minha parte, mas encontrei ligação desse conto com O Livro dos Espíritos de Alan Kardec, que foi escrito quase 3 anos após a publicação desse conto. Como assim, você deve estar se perguntando. Pra quem não conhece, o livro citado é todo escrito em forma de perguntas e respostas, onde são abordados temas como: vida, morte e Deus (olha uma das relações aí). 

"Há dois corpos: o rudimentar e o completo, correspondendo às duas condições da lagarta e da borboleta. O que chamamos "morte" é apenas a dolorosa metamorfose. Nossa
atual encarnação é progressiva, preparatória, temporária. A futura é perfeita, final, imortal. A vida derradeira é o fim supremo."

Apesar de não seguir nenhuma religião, conheço o livro de Kardec e já li vários trechos. Muitos estudiosos tratam Poe como um visionário. Eu não sei ao certo como rotulá-lo, mas sem dúvida nenhuma ele era alguém à frente de seu tempo. 

Nessa época já se falava sobre espíritos e percepções extrasensoriais em diversos círculos, porém ele foi um pouco mais além, trazendo a discussão do que é Deus. E é exatamente nesse momento que eu fiz a conexão entre as duas obras. Pra ir um pouco mais além, o conto nos traz questionamentos sobre vidas em outros mundos, o que também é comum na obra de Kardec.

"Você fala de seres rudimentares. Há outros seres rudimentares e pensantes além do homem?"

Em resumo, não temos aqui um conto de terror ou suspense, mas um relato ficcional que aborda temas aos quais todos temos questionamentos. É Poe, logo recomendo fortemente pra todos, principalmente pra quem nunca leu nada dele por medo. Não se assuste, aqui você não encontrará fantasmas, ou outros serem do além, mas encontrará uma narrativa densa e que como em outras obras do autor dá margem pra diversos entendimentos. Não espere respostas prontas, mas tenha a certeza de que saíra com muitas perguntas.

29 maio, 2016

Seleção para antologia O Último Gargalo de Gaia


Gosta de escrever e não sabia onde ou como publicar seu conto? Ele se encaixa nos gêneros distopia, steampunk ou dias finais? Pronto, a Editora Lendari traz uma oportunidade fantástica pra você. 

SINOPSE

"Se há tantos planetas com condições similares às da Terra em todo o Universo, possibilitando, portanto, o surgimento da vida – inclusive da vida inteligente –, onde estão os outros? Tal questão foi seriamente levantada por volta de 1950 pelo físico Enrico Fermi, enquanto discutia com outros cientistas sobre o aparente paradoxo, que veio a ser conhecido como Paradoxo de Fermi. Mais tarde, nos anos 60, o astrônomo Frank Drake propôs uma complexa equação matemática – chamada, posteriormente, de Equação de Drake – que objetivava encontrar um modo de avaliar as possibilidades relacionadas com a existência ou não da vida alienígena.

Anos mais tarde, sem que a comunidade científica internacional chegasse a uma conclusão, alguns pesquisadores especularam possíveis soluções ao paradoxo. Um deles, Robin Hanson, propôs que, na verdade, havia algum tipo de obstáculo que impedia, em algum momento, que a vida se desenvolvesse além de um certo estágio – proposição atualmente rotulada de Hipótese do Grande Filtro. Mas qual seria este estágio – ou estágios? Eles realmente existem? Se existem, são naturais? Se são naturais, a Terra precisou superá-los para estarmos aqui?

É aí que surge uma outra via: a Hipótese do Gargalo de Gaia. Os pesquisadores desta linha de pensamento acreditam que, na verdade, a própria vida, em seu início, seja tão frágil que as próprias condições instáveis de seus planetas sejam as responsáveis por sua extinção. Há indícios de que Marte e Vênus, por exemplo, tenham sido palcos ideais para a formação da vida, mas hoje não passam de cenários desolados, estéreis e mortos. Mas ninguém garante, afinal, que o último gargalo precise vir, necessariamente, nos primeiros estágios da vida. Ele pode aparecer sem aviso, quando a vida está em plenamente desenvolvida, com seres inteligentes e certos de sua imortalidade enquanto espécie.

Mas, ao contrário do que pode parecer, a existência de vida alienígena não é o tema principal de O último Gargalo de Gaia: distopias, steampunk e dias finais. Esta obra, na realidade, trata das mil e uma possibilidades de extinção em massa da vida na Terra – seja por motivações naturais, aparentemente naturais ou deliberadamente artificiais. Com diferentes visões, que incluem a apresentação de passados alternativos e suas tecnologias impossíveis, distopias apocalípticas e até mesmo dramas que abordam questões filosóficas, os autores desta antologia de ficção científica trazem para o leitor os diferentes nomes e características dos gargalos que, finalmente, calarão nosso sopro existencial.

Até que, outra vez, em outra parte distante do Cosmos, a vida volte a florescer."



Dados do livro

Título - O último Gargalo de Gaia: distopias, steampunk e dias finais
Organizador - Mário Bentes
Capa - Marina Ávila
Editora - Lendari
Ano - 2016
ISBN (e-book) - 978-85-69243-07-6

A Editora Lendari prorroga prazo de envio de originais para sua primeira antologia de ficção científica A editora Lendari anunciou, no dia último dia, que vai prorrogar até o dia 30 de junho o prazo final para que escritores possam enviar originais para participar da seleção à antologia O Último Gargalo de Gaia: distopias, steampunk e dias finais. O prazo original se encerraria no dia 31 de maio.

O escritor Mário Bentes, que organiza a obra, afirma que a prorrogação do prazo acontece para dar oportunidade a autores que tomaram conhecimento do edital há pouco tempo. “Temos material suficiente para encerrar a inscrição dentro do prazo previsto, mas optamos por abrir esta oportunidade até porque recebemos muitos pedidos”, afirma Bentes.

A obra promete seguir a linha de filmes como Interestellar (2014), de Christopher Nolan, Melancholia (2011), de Lars von Trier, e o clássico Contato (1997), filme de Robert Zemeckis baseado no livro homônimo de Carl Sagan.

De acordo com Bentes, a ideia é usar a ficção científica apenas como pano de fundo para narrativas dramáticas ou de cunho filosófico e existencial. A ideia é que a obra reúna contos que tratem de extinção em massa no planeta ao mesmo tempo em que questionem o papel do ser humano sobre o mistério da vida no Universo.

Além disso, a antologia evoca um dos sentidos metafóricos possíveis na canção ‘Starman’, de David Bowie (1947-2016), lançada em 1972 no single ‘The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars’. A música chegou a ter uma versão nacional escrita e gravada pela banda Nenhum de Nós, com o título ‘O astronauta de mármore’, de 1989.

As inscrições iniciaram no dia 15 de fevereiro, por meio de seu site (http://www.lendari.com.br/o-ultimo-gargalo-de-gaia/). Podem participar autores brasileiros, natos ou naturalizados, e maiores de 18 anos. Cada autor interessado poderá submeter até três contos, todos com tamanho mínimo de cinco e máximo de dez páginas.

Os autores também vão precisar pagar uma taxa de R$ 20 para cada original enviado, valores que, de acordo com a editora, vão arcar com os custos de leitura crítica e posterior edição e revisão do material eventualmente aprovado. O resultado da fase de seleção também será alterado, passando para 15 de julho de 2016, no próprio site da Editora Lendari.

Sua obra tem esse perfil? Então, bora se inscrever.

21 maio, 2016

Parceria com a autora Thaísa Lixa


Qual a novidade do dia? Sim, mais uma parceria firmada. Ueba! E dessa vez é com a autora Thaísa Lixa, que nos traz o livro Oposição, primeiro da série Stellium. Bora conhecer.

O Livro


"Em uma dimensão chamada Constelação, são os supremos Deuses do Inferno que controlam e ditam as regras da sociedade, amedrontando os humanos e deixando-os dóceis perante seus poderes, nessa, e em todas as outras dimensões que existem pelo Universo. Entretanto, por conta de uma traição, o Deus principal e líder, Ahriman, impôs uma lei que jamais poderia ser quebrada: Ele definiu que as diversidades genéticas não existiriam, o que faria a população ter uma aparência padronizada de olhos e cabelos castanho-escuros ou negros. 
E assim foi, até o nascimento da jovem Lilith, uma menina de cabelo loiro e olhos azuis, acompanhada de uma beleza estonteante e que atraía olhares de todos à sua volta por sua singularidade e magnetismo pessoal. Tratada desde perfeição até aberração, pelas pessoas de seu mundo, Lilith tenta sobreviver em meio a tanta gente intolerante. De uma coisa ela não tinha dúvida: havia sido amaldiçoada. Só mesmo este fato explicaria o motivo de ter nascido com a aparência proibida e ter macabros pesadelos todas as vezes em que dormia. 
Lilith pensava isso consigo mesma e não tinha a real dimensão do quanto suas suposições eram verdadeiras."


A Autora

Thaísa Lixa nasceu na cidade de Niterói, no estado do RJ. Desde pequena possui um apreço incomum pela leitura e fantasia, ouvindo histórias criadas e contadas pela sua avó materna e pelo seu avô paterno antes de dormir. Era frequente que seus avós acabassem dormindo no meio dos contos e ela continuasse acordada, querendo que eles contassem mais. Cresceu e seu amor pelas histórias só aumentou, começou a escrever fanfics e publicar na internet a partir dos seus 9 anos de idade. Continuou escrevendo por toda a adolescência e acabou entrando para a faculdade de Estudos de Mídia, na U. F. Fluminense em 2011, na mesma época em que começou a escrever o seu 1º livro, Oposição, da série Stellium.

Conheça mais sobre a autora no blog Thaísa Lixa, e acompanhe tudo sobre a obra na página do Facebook Série Stellium. Logo menos voltarei com minha opinião a respeito da leitura. 

Obrigada pela confiança e seja muito bem-vinda ao Profissão: Leitora

15 maio, 2016

Book Tour A Deusa de Anília e Outras Histórias de Cláudia Miqueloti

Eu adoro participar de book tours. Acho muito bacana a interação que os blogs tem durante o período de duração do mesmo. Outra coisa que pra mim é um diferencial, é perceber como um mesmo livro gera opiniões diferentes nas pessoas. Sou uma apaixonada por fantasia, e adoro livros de contos. Aí quando vi esse livro, que reunia tudo que amo, pronto. Me apaixonei. Então, sem mais delongas, vamos conhecer a obra e sua autora.

A Deusa de Anília e outras histórias

Gênero - fantasia / contos
ISBN-13 - 9788537402818
ISBN-10 - 8537402818
Ano - 2015 / Páginas: 184
Idioma - português 
Editora - Litteris 

A Deusa de Anília
Um terrível dragão aterroriza a ilha. Krisna Rimeriano precisará de toda sua determinação e coragem para salvar sua amada ilha e conquistar o coração do valente Negro.

A Maldição de Gohran
A cidadela de Manarga vive sob uma maldição imposta pelo temível dragão Gohran. O jovem Menetto e seus companheiros precisam ser bem sucedidos para que Manarga não desapareça.

Mielim e a Harpa Encantada
A harpa dourada foi roubada, debaixo das orelhas pontudas dos Elfos de Lothuen. Bravos guerreiros saíram no encalço do ladrão.


O inferno de Razhenda
O Reino de Razhenda foi devastado por Cormedhor de Austrúcia, um mago ensandecido, que vem se utilizando de seres humanos como cobaias para suas experiências cruéis.

Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo
Uma terrível e monumental criatura, está aterrorizando os viajantes que precisam cruzar a Montanha do Vento Cortante. Kági, Dovan, Armando, Sáfio Liso e a doce barda Jocelyn precisam urgentemente de um trabalho, pois seus bolsos estão vazios.  

A Autora

Cláudia Miqueloti, nasceu no Rio de Janeiro. 
Participou de várias antologias literárias escrevendo poesias. É apaixonada por Literatura Fantástica. Publicou os livros Labirinto do Sol e da Lua (poesias) em 2011 e A Deusa de Anília e Outras Histórias (contos) em 2014. eBook / Kindle já disponível para venda. 
No momento está escrevendo um romance sobrenatural.

“O real e o fantástico são como dois polos de atração simultânea. A veracidade de um completa o imaginário do outro.”

Encontre a autora 

Saiba mais sobre o livro

Organização -  Blog As 1001 Nuccias

11 maio, 2016

Morella de Edgar Allan Poe


Esse conto foi publicado pela primeira vez em 1835 na Southern Literary Messenger. 

"Eis-me aqui."
                           pg 190

Nele conhecemos um narrador e sua companheira, Morella. Ela é uma mulher muito erudita, que dedica muito do seu tempo a estudar filósofos alemães como, Fichte e Schelling. Enquanto vê a deterioração de sua amada esposa, o nosso narrador a acompanha em seus estudos, fazendo disso um hábito seu também. 

Porém com o tempo o encanto que a esposa exercia sobre ele, parece definhar juntamente com o corpo da mesma. E é nesse momento que nosso taciturno narrador começa a desejar sua morte.
















Como em outros contos do autor, aqui encontramos uma mulher à beira morte e um homem atormentado pela sua existência. No decorrer do conto acompanhamos a angústia desse homem, que no início era um apaixonado pela esposa e tudo que dizia respeito a ela, e no final se viu desejando seu passamento. Por outro lado, vemos essa mulher, antes altiva e dona de si, definhar pouco a pouco.

"É uma felicidade maravilhar-se; - é uma felicidade sonhar."
                                                                                                                                                   pg 183

Nos primeiros parágrafos você pode até achar que está lendo um romance, tal o encantamento e dedicação que ele demonstra. Mas, ao passar das páginas tudo isso muda, de maneira tão radical e decisiva, que o leitor é transportado pra um universo turbulento do qual deseja sair, mas não consegue antes do final. 

Esse conto é um dos poucos que havia lido apenas uma vez anteriormente. E digo que nessa releitura ele me trouxe sentimentos dicotômicos, para os quais eu não estava preparada. Ao mesmo tempo que me encantei com a dedicação do narrador me senti enojada com seus desejos mórbidos. 


E o final, ah o final. É encantador ver como em poucas páginas (na edição que li são menos de 7), o autor consegue enredar o leitor em uma trama da qual é praticamente impossível se soltar antes do aterrador final. 

Se recomendo? Sem sombras de dúvida. Porém, antes que haja algum leitor desavisado, esse é um conto de terror, e dos bons, Daqueles que no final você se pega pensando: e se...

Esse post faz parte do Desafio 12 Meses de Poe criado pela Anna Costa

08 maio, 2016

Lançamentos de Maio da Editora Selo Jovem

Azul de Lear de Roberta Prado


"Bella é uma mulher independente que faz da vida um grande momento. Apaixonada por Alexandre, ela se entrega ao sentimento e começa a viver uma grande história de amor, porém, com uma descoberta repentina de uma doença que pode lhe tirar a vida, Bella se torna uma pessoa fechada, causando muitos problemas e conflitos. Numa tentativa frustrada de guardar esse segredo ela começa viver na solidão afastando cada vez mais as pessoas que lhe amam.

Mas com o passar do tempo ela se vê sozinha e terá de correr contra o tempo para consertar todos os seus erros, e quem sabe, viver em paz.

Um enredo de traição, um romance repentino e uma amizade afetuosa poderá se transformar em uma linda história de amor e perdão.

de R$ 33,00 por R$ 26,99
ou R$ 25,64 no depósito

Compre direto na Editora Selo Jovem

O véu entre mundos de A. Wood


"O andarilho sorriu satisfeito mais uma vez. Aquele não era o seu mundo. Tudo ali era muito diferente do que aquilo com que estava acostumado. Mas isso não significava que já não tivesse visto aquelas coisas antes. Ele estudara por muito, muito tempo. E agora finalmente conseguira. Havia cruzado a barreira entre dois mundos." 

Nós não estamos sozinhos no Universo.

Quando Alice Limberger e seu namorado, Marco, têm um estranho encontro com uma fada no parque do Ibirapuera, suas vidas e a de todos os moradores da cidade de São Paulo começam a mudar da noite para o dia. Portais sobrenaturais se abrem misteriosa e aleatoriamente em diversas regiões, ocasionando no sumiço de pessoas e no aparecimento de seres que até então só existiam em livros infantis. Como e por que esses portais estão aparecendo, Alice não consegue explicar, mas descobrirá que é apenas o começo de uma reação em cadeia na qual ela está envolvida no centro de tudo.

de R$ 33,00 por R$ 23,99
ou R$ 22,79 no depósito

Comprar direto na Editora Selo Jovem

Fragmentos da Alma em Papel e Tinta de Pedro Silva

Por onde andei,
Pelos campos, Pelas vilas,
Pelos corredores extensos e salas vazias,
Nas manhãs quentes, Nas tardes frias,
Por entre o povo, ou na deserta cidade hibernal e sombria,
Eu vi o tempo e os contratempos,
O sofrimento e a alegria,
E cada cena, cada beijo,
Cada desfecho da vida,
Gravou em minha memória e em minha alma uma história,
Que coloco hoje em suas mãos em forma de poesia,
É que ao fim de cada dia,
Deixei-me levar, por longos anos,
Por pensamentos e memórias,
Mergulhei no insondável oceano,
Que há nos singelos olhos,
Profundos de quem amo,
E nos acordes do piano,
Perdi-me de forma sucinta,
E deixei escapar pelos olhos,
Um pingente de dor, um fragmento de minha alma,
Sobre o papel e a tinta.

de R$ 26,00 por R$ 22,00
ou R$ 20,90 no depósito


Descendentes 


Destruída, abalada e quase sozinha...

É assim que Kaya se sente após a morte misteriosa do pai, mas descobrir que não está na Terra é ainda pior. Tentando sobreviver em um lugar inóspito, assustador e que esconde monstros atrás de cada árvore, ela descobre que sua vida nunca foi normal, que seu passado é apenas uma ilusão e que tudo pode piorar quando ela encarar a sua verdadeira identidade de Descendente.

“Eu sou uma Ladra, junto com meu pai roubo coisas para sobreviver e somos praticamente felizes nessa ditadura anti-dons. Nesses tempos de crise onde vivo é difícil continuar escondida nas sombras, pior ainda é  sobreviver como a ‘última’ da espécie”.

de R$ 35,00 por R$ 29,00
ou R$ 27,55 no depósito


Angellore A Divina Conspiração Essência – Vol. 2


Enigmas. Monstros. Escuridão. Nas últimas semanas, essas palavras se tornaram parte da realidade de Sophie, principalmente após ter ficado frente a frente com a morte. Apesar disso, ela tenta seguir sua rotina, dividindo o tempo entre o emprego numa livraria, a faculdade e Nicolae, o misterioso colega de curso que subitamente entrou em sua vida.

Uma sucessão de novos acontecimentos, porém, muda de vez os rumos de seu destino: o rapaz desaparece, sonhos e visões passam a inquietar suas noites, e, para agravar ainda mais a situação, os khaos voltam a caçá-la, agora mais implacáveis.

Olívia, por sua vez, finalmente está perto de desvendar a grande incógnita que cerca os crimes investigados ao longo de sua carreira. Com ajuda de um misterioso angellore e de Daniel, seu parceiro no departamento, ela reúne informações valiosas sobre os casos, mas sua missão está apenas começando: ainda resta revelar a identidade do assassino e impedi-lo de transformar Sophie em mais uma vítima.

Com a ocorrência de um novo assassinato, os envolvidos nessa teia obscura terão de evitar que os planos dos lordes da escuridão se consolidem, e, para isso, Sophie deve descobrir qual é o segredo guardado em sua alma e de que forma ele pode afetar céu, inferno e Äelysio. 

de R$ 38,00 por R$ 30,99
ou R$ 29,44 no depósito

Comprar direto na Editora Selo Jovem

Só digo uma coisa: quero todos.

05 maio, 2016

Lagoena - O Portal dos Desejos de Laísa Couto

Livro - Lagoena - O Portal dos Desejos
Autora - Laísa Couto
Editora - Draco - 271 pgs

Rheita é uma garotinha de 10 anos, órfã de mãe, não sabe do paradeiro do pai e foi criada pelo avô, um joalheiro falido. Ainda bebezinha, o avô e Adeliz, uma amiga da família, perceberam que Rheita tinha uma cicatriz em forma de "S" em uma das mãos. Essa é a marca de uma lenda, que a todo custo seu avô tentará esconder, fazendo com que a menina use uma luva pelo resto de sua vida. Porém, por mais que ele tente, os esforços para isolar essa garota do mundo e esconder sua verdadeira identidade são inúteis.

Anos mais tarde, a inteligente e esperta garotinha desconfia de um aprendiz que foi contratado pelo seu avô. Isso e mais a curiosidade de entrar no quarto que foi de sua mãe, fazem com que ela encontre a metade de um mapa mágico. 

Certo dia, após ter um encontro com um ser estranho, conhece Kiel, o filho gago do sapateiro. Logo se tornam amigos e ele faz revelações incríveis a menina. Juntos decidem partir para uma aventura repleta de segredos ainda maiores, rumo a um outro mundo, Lagoena, a Terra Secreta que corre grande risco de não mais existir.

A menina deverá salva esse lugar mágico, protegendo o tesouro do mapa da cobiça de um imperador amaldiçoado, enquanto segue o maior desejo de seu coração: encontrar o pai que nunca conheceu. 


Se prepare, para uma imersão num mundo fantástico.

Sabe aquela história que te captura nos primeiros parágrafos? Pois então. Foi isso que aconteceu aqui. Logo na primeira página me envolvi com o livro. Existem tantos elementos pelos quais sou aficionada, que não poderia ser diferente.

Temos uma garota extremante experta, aventureira e corajosa. Um amigo fiel que está sempre ao lado dela, ajudando-a no quer for necessário. Um mundo cheio de fantasia e segredos. Um vilão enigmático. Personagens secundários tão cativantes quanto os protagonistas. E pra melhorar, você encontra elementos de Senhor dos Anéis, Harry Potter, Alice no País das Maravilhas e mais algumas coisinhas, que só lendo pra descobrir.

Kiel - Imagem - Reprodução/Facebook

















É o romance de estreia da autora, mas ela escreve com tal propriedade, que chega a ser difícil acreditar que é seu primeiro livro. A narrativa é envolvente, a caracterização das personagens e dos ambientes é excelente. Você é "jogado" literalmente dentro da história e nem percebe. É quase impossível não se envolver com os acontecimentos.

O relacionamento entre os protagonistas cresce no decorrer da história, e faz com que o leitor queira se tornar amigo deles também. É uma relação de amizade muito forte e sincera de ambas as partes, e isso dá um toque especial à trama.


Quanto a parte gráfica, a editora está de parabéns. A capa de Frank William é linda e de uma sensibilidade ímpar. Ainda encontramos um mapa e vinhetas em todo início de capítulo feitos pela autora, Laísa Couto. Infelizmente, existem alguns pouco erros de revisão, mas existem.

No geral é um infanto juvenil de extrema qualidade, que vai agradar pessoas de todas as idades, e os fãs de fantasia mais exigentes.

Compre na Amazon | Submarino

04 maio, 2016

Parceria com a autora Karen Alvares

Já faz um bom tempo que venho namorando as obras dessa autora, aí imagina a minha alegria quando vi que fui selecionada pra parceria. Pois é, fiquei mega feliz e agradecida pela confiança. Sem mais enrolações vamos um pouco dessa moça e da sua obra.

Karen Alvares conta histórias para o papel há tanto tempo que nem lembra quando começou. Autora de Inverso (Draco, 2015), Alameda dos Pesadelos(Cata-vento, 2014) e Dois Lados, Duas Vidas (Cata-vento, 2015), também organizou a antologia Piratas (Cata-vento, 2015) e foi publicada em várias antologias de contos da Editora Andross, Draco e Buriti, além de publicações independentes e revistas. É colunista no blog literário Por Essas Páginas e foi premiada em diversos concursos nacionais. Apaixonada por mundos fantásticos, chocolate e gatinhos, vive em Santos/SP com o marido e cria histórias enquanto pedala sua bicicleta pela cidade.

Suas obras

Coração sobre Coração
O Vento
O Estranho
Duas Doses de Amor
Noites Negras de Natal
Horror em Gotas
Piratas
Dois Lados, Duas Vidas
Alameda dos Pesadelos
Inverso

Tem opção pra todos os gostos: terror, suspense, romance... Mas, como eu sou uma apaixonada do gênero, irei me aventurar primeiro pelas páginas sombrias de Horror em Gotas.

Quem quiser conhecer junto comigo as obras, pode comprá-las direto com a autora através do e-mail: kvs.alvares@gmail.com. Ou pelo link da Amazon.

Evento - Lançamento e sessão de autógrafos do livro "Pérolas da Minha Surdez"

No próximo dia 06 de maio, acontecerá em Santo André, no grande ABC o lançamento do livro Pérolas da Minha Surdez da Nuccia de Cicco. 




Onde - Casa da Palavra – Praça do Carmo, 171, Santo André, SP.
Quando - Dia 6 de maio, às 18:30h

Lançamentos*:

Antologias do Selo Antologias Brasileiras

- Amores & Desamores
- 7 Pecados Capitais
- Crimes & Suspeitos


Livros Solo*

- Pérolas da minha surdez, de Nuccia De Cicco (editora wwlivros)
- Pré-lançamento de Eternidade, de Vina Ferreira (editora Illuminare)

*todos os livros estarão à venda no local

Organização - Bruna Giroldo
                         Nuccia De Cicco

Programação:

Abertura
18:40 - Agradecimentos
18:45 - Apresentação da editora e dos selos Antologias Brasileiras e Serial Killers
18: 55 - Apresentação dos autores presentes
19:15 - Apresentação dos livros em lançamento e à venda
19:40 - Poesia declamada Karen Beatriz
19:50 - Sorteio de dois livros
20:00 - Poesia declamada Ana Karina Luna
20:10 - Sorteio de dois livros
20: 20 - Poesia declamada Luanna Mello
20: 30 - Sorteio de dois livros 
20: 40 - Mesa-redonda
21:30 - Sorteio de dois livros
Encerramento

**A sessão de autógrafos ocorrerá ao longo de todo o evento

Basta aparecer e aproveitar.

01 maio, 2016

Parceria com a autora Nuccia de Cicco

E é chegada a hora de conhecer mais uma parceria do blog, a Nuccia de Cicco. Sem mais delongas, vamos conhecer um pouco da moça e de suas obras.

Nuccia De Cicco
Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão, moradora de Santa Teresa, bruxa até o fundo da alma, é apaixonada por livros, viciada em seriados, louca por tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes.
Aos 27 anos, uma doença genética a deixou surda e, desde então, ela luta contra seus próprios dilemas, contra as dificuldades do mundo silencioso e o preconceito auditivo de quem ouve. Suas histórias foram publicadas no livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra cheia de luta e força de vontade.

Título - Pérolas da minha surdez
Autora - Nuccia De Cicco
Editora - Wwlivros
Gênero - não ficção / autobiografia
ISBN - 978-85-68175-34-7
Ano - 2016
Páginas - 122

Música, buzina, despertador e então... silêncio. Como se acostumar a não ter som e precisar aprender a se comunicar novamente?
As pessoas dizem verdadeiras pérolas sobre surdez, pois a maioria desconhece o assunto. Não compreendem o que é lidar com a ausência de um sentido tão importante, algo que sempre teve, sempre fez parte da sua vida, até o perder. E, então, ter de reinventar todas as suas verdades.
Nesta obra, a autora narra experiências de sua vida após o diagnóstico de surdez total irreversível, buscando ampliar o (re)conhecimento sobre o tema na sociedade. São histórias singulares, divertidas e complicadas, sobre paixões, curiosidades, tecnologias, preconceito, aprendizado e, principalmente, luta e força de vontade.
Um livro que trilha o caminho em direção dos que almejam encontrar respeito aceitação e voz.

Texto da orelha

“Meu nome é Nuccia, muito prazer. Ao longo da vida, adquiri responsabilidade, uma cadela São Bernardo, 254.326 botas de cano alto e um tumor benigno do sistema nervoso. Em 2007, lá estava eu, quase bióloga, aspirante ao Mestrado, finalizando o aprendizado artístico, quando acordei sem ouvir nada: surdez total.
O que fazer quando a vida passa por cima de você, virando seu mundo de cabeça para baixo, criando um isolamento comunicativo em meio a uma multidão social? Simples de saber, complexo de fazer: você se adapta.
Aprendi a fazer leitura labial, meu cérebro nunca para de cantar, distingo os ritmos pela quantidade e espaçamento das vibrações de sons graves na melodia. Escolhi continuar vivendo bem com o que me restou ao invés de parar a vida por causa daquilo que perdi.”


Book Trailer



Outras Obras da Autora


Coletânea (contos de diferentes gêneros) disponível on-line e gratuita no Wattpad 


Coletânea (poesias) disponível on-line e gratuita no Wattpad | Widbook 

Participação em antologias

Amor e Morte

Sombras e Desejos 

Vida e Verso 

Eu Me Ofereço – Tributo a Stephen King 

Minicontos Coloridos 

Através da Escuridão 

Encontre a autora nas redes sociais
Blog 
Widbook 

Bem-vinda ao blog e muito obrigada pela confiança.