29 outubro, 2015

As Máscaras do Pavor e O Museu dos Horrores de R . F. Lucchetti

Livro - As Máscaras do Pavor
Autor - R. F. Lucchetti
Editora - Editora Devaneio / Editorial Corvo - 105 pgs

Mirna Brent é a repórter de um programa de TV, o Câmera Indiscreta, um daqueles programas que cobrem eventos de artistas. E hoje acontecerá a tão aguardada Retrospectiva do Terror (festival onde astros e estrelas do filmes de horror são homenageados) no famoso Chinese Theatre. Lá, ela poderá entrevistar os artistas mais conhecidos e famosos dos clássicos do horror, e isso era tudo o que queria.

Em outro local, uma moça tem um encontro fatídico como um homem que segue a linha de assassinatos de Jack, o estripador. 

Livro - O Museu dos Horrores
Autor - R. F. Lucchetti
Editora - Editora Devaneio / Editorial Corvo - 112 pgs

Marcos é um brasileiro que trabalha na Transportadora Carfax em Londres. É hora do almoço, e ele aproveita que a agência está fechada pra tirar um cochilo. Porém o telefone toca, e ele se vê obrigado a atendê-lo. Do outro lado da linha um homem perguntando sobre uma encomenda que deveria ser entregue a J. Perkins no Museu dos Horrores. E pede que Marcos não a entregue de modo algum ao remetente. Informações anotadas, é hora de voltar ao cochilo, porém o telefone toca novamente. Dessa vez é uma mulher, perguntando sobre a mesma encomenda. Estranho. Ligação terminada, enfim ele poderá ter uns minutos de descanso. Mas eis que o famigerado aparelho toca novamente, e dessa vez pra sua surpresa é o Sr. Perkins, aquele a quem os objetos estão endereçados.

A partir daí temos uma trama, que além do horror envolve aventura e muito mistério.

Agora vou falar dos dois livros de uma maneira geral.

Esses livros são pros amantes do horror clássico, os dois são repletos de referências literárias e cinematográficas, como: Bram Stoker, Arthur Machen, Sheridan Le Fanu, Gaston Leroux, Algernon Blackwood, E. T. A. Hoffmann, H. P. Lovecraft e Edgar Allan Poe entre outras. É uma delícia ir encontrando tudo isso no decorrer da leitura. Você não verá tripas voando ou sangue jorrando a cada página virada. Nós temos aqui, 2 obras que mexem como nosso psicológico, mas para aqueles que não abrem mão, também tem um cadinho de sangue. São livros visuais, você consegue ver um filme passando na sua frente durante a leitura.

O autor, Rubens F. Lucchetti é uma enciclopédia ambulante sobre o assunto. Já escreveu e publicou mais de 1.500 livros, centenas de HQs, roteirizou mais de 20 filmes, ufa. Sim, ele sabe o que faz e o faz muito bem.

Os livros tem uma narrativa envolvente do início ao fim, a trama é muito bem costurada, não deixa nenhuma pontinha solta, e os finais, caramba, que finais. Daqueles que você só sabe o que acontece no último parágrafo.

São livros curtos, em formato de bolso, mas com uma qualidade excelente.Tem orelhas nas capas, diversas ilustrações no miolo, algumas feitas pelo próprio autor, margens e revisão muito boas. No início tem um prólogo, onde o autor do mesmo faz um relato enriquecedor da obra de Rubens. 



















É impossível não recomendar essa leitura. Os fãs do gênero irão ao delírio, e se você é daqueles que tem medinho, não tenha receios, o horror aqui é leve. Acredito que mesmo os mais medrosos não terão problemas.

O melhor de tudo é que os livros podem ser comprados direto com o autor, através do seu Facebook ou site, o qual recomendo fortemente que vocês visitem. Poucos autores são tão ativos por tanto tempo como ele, sem perder a qualidade e o entusiasmo. 

Lição de casa criançada: conheçam esse moço, leiam pelo menos um de seus livros e entrem pro clube dos apaixonados por horror junto comigo.

O_O

5 comentários:

  1. Nelma, ambos os livros me interessaram por ser um horror mais dramatizado, mas fiquei um pouco indeciso porquê não conheço muitas referências das quais são citadas na narrativa. As Máscaras do Pavor me interessou bastante por possuir uma repórter e toda esta trama jornalística. Entretanto, O Museu dos Horrores não fica para trás.

    ResponderExcluir
  2. Esses dois livros eu leria com todo prazer.. .
    Como não é exagerado demais ,ou seja,sem violência em excesso ,já me deixou interessada.
    E será uma ótima maneira de conhecer o trabalho do autor.
    Bela dica!!!!!! ;)

    ResponderExcluir
  3. me interessei muito pelos livros, não sou muito de ler livros de terror mais esses podem se dizer que são exceção gostei bastante deles.

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar do autor, mas nunca tinha chegado a ler uma resenha de um dos seus livros, agora percebo que deveria ter feito isso antes, todas as referências, a narrativa, os personagens e as situações são de tirar o fôlego ainda mais que só sabemos o que realmente irá encerrar o livro no final mesmo, manterei contato com o autor e irei seguir sua dica e ler essas obras, espero que goste tanto quanto você!

    ResponderExcluir
  5. Agradeço suas palavras, Nelmaliana, a respeito de As Máscaras do Pavor e O Museu dos Horrores.

    ResponderExcluir