29 setembro, 2016

O Coração Denunciador (The Tell-Tale Heart) por Edgar Allan Poe


O Coração Denunciador (The Tell-Tale Heart) por Edgar Allan Poe

Esse é mais uma daquelas obras-primas do mestre do terror. Sem sombra de dúvida, nesse conto Poe consegue nos envolver na primeira a última palavra.

Aqui nós temos um narrador que se diz doente e extremamente nervoso, mas com uma audição perfeita e nenhum rastro de loucura. Ele mora com um senhor, já velhinho do qual diz amar muito, e apesar de nunca ter feito mal a ele tomou bronca do pobre coitado. Talvez seja pelo olho de abutre que tem, por conta de uma catarata, o olho cor azul-pálido lembra o olhar do animal.

Independente do motivo o narrador decidiu que mataria o velho e pronto. E durante uma semana inteira, ele foi o ser mais bondoso com o velho, mal sabia o pobre senhor que isso era o prenúncio de sua morte.

Imagem - Reprodução/Crypticcorridor

Durante esse tempo, ele espreitava o velho sempre à meia-noite. Por uma fresta via aquele olho, até que certa noite um raio de luz passou pela fenda e caiu direto no olho do "abutre". O terror do velho aumenta o seu batimento e o som do coração é audível. o velho morre. E a partir daí, só lendo.

Esse talvez seja um dos meus contos preferidos do autor. Não temos aqui uma história de terror propriamente dita, mas um suspense de tirar o fôlego em pouco mais de quatro páginas. 

O autor consegue de maneira magistral nos enredar na história, que em certo momento achei que também ouvia os batimentos cardíacos do pobre velho. O desenrolar do conto nos leva a um final no mínimo perfeito e surpreendente. 

Esse é mais um daqueles contos próprios pra quem tem receio de ler as obras do autor. Não é pra assustar, mas também não nos deixa indiferentes à leitura. E em poucas páginas é possível perceber o poder de narração do autor.

Esse post faz parte do Desafio 12 Meses de Poe criado pela Anna Costa.

14 comentários:

  1. Olá
    Nossa, o conto parece ser muito sombrio e confesso que nunca tinha ouvido falar a respeito. Mas com certeza ja quero ler, seja por ser do autor, por conta do gênero ou da sua empolgação ao falar a respeito.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, bom dia! Uau parece ser bem sombrio esse conto hein, dessa vez vou passar a dica, no momento estou mais " romântica", mas vou anotar a dica viu, muito bem escrita sua resenha e bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Não sou muito de ler contos mas fiquei muito curiosa pra saber o que acontece a partir do ponto em que você parou de contar. O conto como um todo parece ser muito sombrio e surpreendente e sua empolgação com ele foi muito nítida e por isso quero muito o ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oie parece um conto bem interessante e só ao ler sua descrição já pude ouvir as batidas ddo coração, rs, fiquei curiosa com qual o final e muito intrigada para ler.

    ResponderExcluir
  5. Gente, pela forma como você contou o conto, já fiquei com medinho e aí você fala que nem é terror... rs Ai, sou uma medrosa mesmo!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Tá aí outro autor que tenho curiosidade de ler e nunca tive oportunidade rsrs. Você tem razão,contos são ótimas oportunidade d e você entrar num mundo ode certo autor e saber como é sua forma de escrever e sem se câncer pois são contos curtos. Adoro e a história desse daí! Espero poder me introduzir no mundo o do Poe, até mais vê amore
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que sinistro. Eu ainda não li nada dele mas confesso que tenho me sentido muito atraída para ler, embora não seja um gênero que me agrade eu tenho ficado cada vez mais interessada. Eu ainda não conhecia esse conto e achei muito diferente e com um ar totalmente sombrio. Fiquei curiosa para saber o que acontece depois que o velho morre e também ver os detalhes do conto até a morte dele também.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, se eu já estava curiosa pra ler algo do autor, depois da sua resenha fiquei mais ainda.
    Tenho receio de não gostar, por isso sempre adio a compra de algo do autor, mas já que você disse que esse livro é certo pra pessoas que estão com esse receio de ler, vou tentar comprar o mais rápido possível!
    Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Olá flor,
    Adoro livros de terror, mas não gosto muito de Poe. Já tentei ler algo dele e não deu certo sabe?
    Achei bem interessante esse conto, pois fiquei intrigada para saber porque o mocinho decidir matar o velho, sabe? O que mudar na vida dele.
    Anotei a dica e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Sou super curiosa pra ler algo do Poe, sempre vejo elogios sobre as obras dele e queria mesmo saber se é "isso tudo". Achei interessante o conto, principalmente as motivações do personagem. Espero poder ler muito em breve.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca li nada do Poe, mas vontade é o que não falta. Que bom saber que a leitura faz o leitor ter todos esses sentimentos e sensações. Deve ser um conto maravilhoso, eu fiquei muito afim de lê-lo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Eu já comecei a sentir o medo do velho, coitado dele!!! Já pensou ver o olho de um abutre no meio da noite??? Com certeza eu teria um piripaque!!!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Menina, adoro essas suas resenhas sobre os contos do Poe.
    você acredita que eu fiquei aflita só com o pouquinho que você narrou da história?
    adorei, quero muito conferir ela inteira

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhuma das histórias do autor e fiquei curiosa para saber como essa se desenrola. Esse olho já é assustador por si só. Anotei a sua dica w espero poder conhecer as histórias dele em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir