21 setembro, 2015

The Game - volume 1 de Anders De La Motte

Livro - Trilogia The Game (O Jogo) - volume 1 (Geim)
Autor - Anders De La Motte (tradução do inglês - Mariana Moreira Matias e Alexandre Matias)
Editora - DarkSide Books - 266 pgs

Durante uma viagem de trem, você olha pro lado e vê um celular numa poltrona. Como aparentemente alguém esqueceu ele por lá, você decide pegá-lo Não consegue identificar o modelo e marca, mas parece ser um desses de última geração. De repente, aparece um texto na tela: "Quer jogar? SIM / NÃO".

E aí, o que você faz?

A história do livro se inicia exatamente assim. HP, encontra um celular em uma viagem de trem, pega-o e após algum tempo essa mensagem aparece. Não é a resposta, porém a mensagem aparece novamente. E mais uma vez a resposta é NÃO. A mensagem insistentemente torna a aparecer, e a resposta é sempre a mesma, NÃO. Afinal, seu único objetivo com o aparelho é vendê-lo e conseguir algum dinheiro. Até que chega uma nova mensagem: "Quer jogar, Henrik Pettersson?"

Como assim? Quem ali dentro o conhecia? Que brincadeira era aquela? Depois de um tempo ele teve a certeza que era realmente uma brincadeira elabora pelo seu amigo Manga, e decidiu entrar no jogo.

Em outro ponto temos Rebecca Normém, que trabalha como guarda-costas no serviço de segurança da Suécia. Ela nos é apresentada no momento em que precisa acompanhar a Ministra da Integração em uma visita. Trabalho aparentemente fácil, corriqueiro. Porém, em certo momento um grupo de pessoas se aproxima deles com cartazes e palavras de ordem. Rebecca  consegue proteger a ministra e a si, o que lhe rende uma promoção.

É preciso dizer antes de mais nada, que o início do livro é de tirar o fôlego. É digno de um filme de ação com A maiúsculo.

O livro é narrado em 3ª pessoa, o que é excelente, pois temos uma visão abrangente da história. Mas, aqui nada é "de graça". Você vai tomando conhecimento dos acontecimentos e de suas motivações, em doses homeopáticas. A cada capítulo entendemos um pouco mais sobre tudo o que está acontecendo. e tem muita coisa por traz do plot principal. Relações conturbadas, segredos há muito tempo escondidos, ou não resolvidos devidamente e teorias da conspiração

O autor consegue segurar a atenção do leitor o tempo todo. Quando não estamos envolvidos em alguma perseguição, estamos tentando entender ou adivinhar o que vai acontecer nas páginas seguintes. É uma leitura fluida e extremamente dinâmica, com uma linguagem atual e repleta de referências à cultura pop.

Anders De La Motte foi oficial de polícia e diretor de segurança de uma das maiores companhias de TI do mundo. Com certeza ele levou essa experiência pro livro, pois no decorrer da leitura, por diversas vezes é possível nos questionarmos sobre o que postamos nas redes sociais, o que compartilhamos ou o que pesquisamos. Quem realmente tem acesso a tudo isso? E o pior de tudo, o que podem fazer com essas informações?  

A edição do livro é primorosa, como outras publicações da editora. Capa dura, o que já é a marca registrada da DarkSide, impressão em papel pólen de alta qualidade, folha de guarda e rosto coloridas e/ou ilustradas, marca página em formato de celular. 


Marca página

Porém eu encontrei alguns erros, que não sei dizer se são de revisão ou tradução. Algumas frases me soaram estranhas, como:

"A terceira tentativa, e agora já ela sabia muito bem como as táticas dele funcionavam."
14º parágrafo - pg 51

"Culpe de ter de acordar cedo, como ela sempre fez."
1º parágrafo - pg 71
"...fizeram-no pensar que era alguém apenas para puxar o tapete de debaixo dele."
16º parágrafo - pg 110

Ou, como na nota de rodapé da página 165, onde além de duas palavras estarem juntas, tem um erro de alinhamento.


Não sou especialista em Língua Portuguesa, muito menos tive acesso ao original em sueco, que na realidade não me serviria pra nada, ou a edição em inglês. Mas achei algumas construções realmente estranhas. Porém, nada disso muda o conteúdo da história ou influencia no entendimento da mesma.

Em resumo, é um excelente policial que mescla momentos onde sentimos o coração bater mais forte com excelentes narrativas de ação, com outros onde é possível temer pela nossa própria segurança. Mais que recomendo pra quem gosta do gênero, e recomendo mais ainda pra quem nunca leu nenhum policial. Mal posso esperar pra ler a continuação.

Valor do livro - o preço varia de R$ 37,03 a R$ 54,90 em pesquisa realizada em 21.09.2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário